13 Práticas Recomendadas para Conversões na Página Inicial de E-commerce em 2022

 

Imagine o seguinte cenário.

Você entra em uma loja de um shopping local e encontra um vendedor mal-humorado. As prateleiras não estão organizadas, está tudo sujo e escuro.

O que você faz? Você sai, é claro.

Da mesma forma, se os clientes tiverem uma primeira impressão ruim de sua loja online, eles fecham o link e procuram outra. A taxa de rejeição média (bounce rate) de e-commerce é de 45,68%. Você deseja incentivar as conversões desde o início e obviamente não quer que os potenciais clientes saiam do seu site.

Reconheça que sua página inicial é sua vitrine. Sendo assim, precisa ser bem projetada, fácil de navegar e deve mostrar claramente o que o cliente está procurando.

Esta lista de 13 práticas recomendadas para página inicial de e-commerce ajudará você a converter mais clientes.

 
 

Siga Estas 13 Práticas Recomendadas da Página Inicial de Sua Loja E-commerce Para Aumentar as Vendas de Produtos

1. Exiba sua Proposta de Valor Única

2. Tenha uma Seção de Vendas Atraente

3. Demonstrar a Segurança do Site

4. Destaque sua Barra de Pesquisas

5. Adicionar Imagens de Produtos às Categorias

6. Apresente Seus Melhores Produtos

7. Exibir Primeiramente Informações Importantes

8. Coloque Mais Informações no Rodapé

9. Personalize sua Página Inicial

10. Mantenha seu Design Simples

11. Tenha uma Estrutura de Navegação Simples

12. Design Para Dispositivos Móveis Primeiro

13. Certifique-se Que Sua Página Inicial Carregue Rapidamente

1. Exiba sua Proposta de Valor Única

Deixar de exibir sua proposta de valor único (UVP) imediatamente é um erro de iniciante.

Manish Dudharejia escreve no SEJ: “É muito comum que novas marcas de e-commerce não saibam se diferenciar de seus concorrentes”.

Sua proposta de valor único (UVP) diz aos clientes por que eles devem comprar da sua empresa em vez de outras milhões de lojas.

Assim, aumenta as suas conversões.

A marca Scentos usa sua proposta de valor único como um slogan em sua página inicial:

1 Scentos Homepage

A mensagem é curta e simples, “inove. crie. Inspire”, e descreve os benefícios que seus produtos têm para as crianças.

Para desenvolver sua própria proposta de valor único (UVP), pense no que diferencia sua marca dos concorrentes.

Seu produto resolve um problema único? Você talvez oferece melhor serviço ou qualidade? Que benefícios não podem ser encontrados em nenhum outro lugar?

Também pergunte aos clientes existentes o que eles mais gostam em seu produto, marca ou serviço. Isso lhe garante uma visão real de porque os clientes compram da sua marca.

Em seguida, exiba sua proposta de valor único (UVP) com destaque em sua página inicial para inspirar os visitantes a comprarem.

2. Tenha uma Seção de Vendas Atraente

Sejamos honestos, as promoções de vendas geram muito dinheiro.

Um exemplo rápido foi a colaboração de Cardi B com a marca Fashion Nova, gerando $10,8 milhões de dólares através de sua oferta antes da Black Friday.

Ótimo, não é mesmo?

Considerando o que vimos, é importante que você tenha uma seção de vendas diferenciada em sua página inicial. Você deseja que os “caçadores” de pechincha possam encontrá-lo de forma rápida e fácil.

A empresa Newegg, por exemplo, tem um grande banner antigo que exibe sua próxima promoção de vendas:

2 Newegg Homepage

Alguns sites são um pouco mais sutis. Eles diferenciam sua seção de vendas na barra de navegação pela cor ou pelo tamanho da fonte.

Aqui está um exemplo da marca The Body Shop:

3 The Body Shop Homepage

Para sua loja de e-commerce, você quer ter grandes resultados e ousar se a sua promoção for sua campanha mais importante do momento.

Ou sutil, para fazer com que aquele fluxo regular de clientes que são amantes de descontos façam as compras.

De qualquer forma, é fácil encontrar onde estão as pechinchas em sua página inicial.

 
3. Demonstrar a Segurança do Site

Os clientes pensam que a qualquer momento algum hacker ou vírus podem roubar seus detalhes quando inseridos no computador.

É, isso pode acontecer.

Portanto, você tem por obrigação mostrar às pessoas que seu site é seguro.

De acordo com Baymard, 17% dos consumidores abandonam o carrinho por falta de confiança.

Se você tem selos de confiança amplamente reconhecidos em sua página inicial, já é um bom começo.

O site ePassportPhoto.com tem um emblema que exibe suas informações de segurança quando você passa o mouse sobre ele:

4 ePassportPhoto.com Homepage

Em vez disso, você pode exibir seus selos de segurança no rodapé do seu site. Use apenas selos de empresas bem conhecidas ou também deixe anexado um link que leve o cliente ao seu provedor de segurança.

Além disso, você precisa ter um certificado SSL. Do contrário, o Google Chrome agora sinaliza seu site como “Não seguro”.

5 Not Secure

Isso seria desagradável para clientes potenciais. Ninguém que digitar o número do cartão de crédito em um site não seguro. Você precisa garantir aos clientes que seus dados financeiros estão sendo utilizados com segurança.

4. Destaque sua Barra de Pesquisas

Uma barra de pesquisas fácil de achar é útil para os clientes e impulsiona seriamente os negócios.

Os compradores que usam a pesquisa do seu site têm 3 vezes mais chances de serem convertidos.

Faz sentido quando pensamos sobre isso, pois os clientes podem encontrar exatamente o que procuram de forma rápida e objetiva diretamente na sua página inicial.

A marca Helly Hansen tem uma barra de pesquisa bem grande:

6 Helly Hansen Homepage

O texto na barra de pesquisas diz, “O que você está procurando?”. Assim, está quase implorando para você usá-lo. Uma dica importante para essas barras de pesquisas é ter um recurso de preenchimento automático.

Naturalmente, você deseja que os clientes encontrem o produto que procuram (e o comprem). O preenchimento automático oferece uma ajuda extra ao tornar a pesquisa mais precisa.

Além disso, lembre-se de que sua barra de pesquisas deve estar sempre presente em todas as suas páginas, não apenas na página inicial. Se você garante que essa barra se destaque naturalmente, aumenta assim a possibilidade de compras concluídas.

5. Adicionar Imagens de Produtos às Categorias

Sua lista de categorias apresenta uma visão geral de sua loja.

Os visitantes da sua página inicial desejam ver que produtos você vende. Eles precisam deste entendimento, para encorajá-los a explorar mais opções. Imagens de boa qualidade são extremamente úteis.

Peep Laja at ConversionXL, diz que, como não podemos experimentar os produtos online, “você precisa trabalhar o dobro para que eles ganhem vida através de fotografias e gráficos excelentes”.

Assim, há a necessidade de adicionar ótimas imagens que representem suas categorias.

Dê uma olhada neste exemplo da marca Case-Mate:

7 Case-Mate Homepage

Eles indicam o produto que você encontrará se clicar em um dos links.

Como alternativa, você pode usar imagens em miniatura para cada uma de suas categorias principais. São pequenas coisas como essa que incentivam os clientes a seguirem adiante em seu funil de vendas.

6. Apresente Seus Melhores Produtos

Recomendar produtos através da sua página inicial dá ideias aos clientes do que comprar.

Você essencialmente os ajuda a decidir uma compra. Dessa forma, faz sentido apresentar primeiro o que há de melhor em sua loja.

Da mesma forma que você colocaria suas melhores fotos no seu perfil do Tinder

Não aquelas que seus amigos fotografam quando está desprevenido e talvez não no melhor dia.

A marca Physiq Apparel exibe seus “Produtos em Destaque”:

8 Physiq Apparel Homepage

Também, a opção “Novos Produtos” logo abaixo na página.

Você pode testar quais produtos ou kits funciona melhor em sua página inicial para conversões. Também podem ser seus mais vendidos ou produtos sazonais, por exemplo. A chave é ser estratégico para obter o máximo de conversões.

7. Exibir Primeiramente Informações Importantes

Há certas coisas que os consumidores querem saber nos primeiros segundos. Informações essas que irão influenciar a decisão de comprar ou não na sua loja.

Por exemplo, 67% dos compradores verificarão sua política de devolução antes de fazer uma compra.

Então, essa é a informação que você precisa ter claramente em sua página inicial para incentivar as vendas.

Exiba suas políticas de envio e devolução. Essa é uma das primeiras informações que você vê no site da ASOS:

9 ASOS Homepage

Coloque as informações importantes acima da imagem principal, se não no topo da sua página inicial.

É realmente um grande incentivo para comprar.

8. Coloque Mais Informações no Rodapé

É uma prática comum ter informações e links importantes no rodapé da página. Da mesma maneira que você também coloca a chave do carro próximo à porta…

Você espera encontrá-la lá.

Os clientes esperam encontrar links no rodapé do seu site. Então, fazer isso torna sua página online mais fácil de navegar, além de ser melhor para a experiência do usuário.

De forma semelhante ao que foi mencionado acima, você fornece todas as informações que o cliente precisa para fazer uma compra.

Aqui está um exemplo da empresa Easy Spirit:

10 Easy Spirit Homepage

Libere sua navegação principal para páginas de categorias de produtos.

Coloque links de outras páginas vitais em seu rodapé, como  as opções: sobre nós, atendimento ao cliente, mídias sociais, contato, páginas de termos e condições, dentre outros.

Faça isso por uma questão de usabilidade e para remover quaisquer barreiras que possam impedir os visitantes de fazer uma compra.

9. Personalize sua Página Inicial

Crie recomendações personalizadas desde o início para aumentar as vendas.

De acordo com pesquisas, uma empresa aumentou as vendas em 12% por meio da personalização com inteligência artificial.

Você pode usar a navegação e o histórico de compras de um cliente para sugerir itens que ele possa querer comprar.

Uma experiência personalizada não só leva a mais compras, mas também pode aumentar o valor do consumidor.

É provável que o cliente volte à sua loja online porque acredita que você entende as necessidades dele.

A Amazon oferece recomendações personalizadas de forma espetacular:

11 Amazon Homepage

Você pode fazer algo semelhante ao exibir itens de carrinhos abandonados. Aumente sua venda média com a upsell, ou seja, recomendação de produtos com base em compras recentes. Mostrar itens ou categorias relacionados nos quais os usuários podem estar interessados ​​com base em seu histórico de navegação.

Existem muitas oportunidades aqui para aumentar as vendas e fidelizar clientes.

10. Mantenha seu Design Simples

Se você adiciona muita informação ou tem um design exagerado na sua página inicial, seus visitantes vão embora sem fazer uma compra.

Geralmente, 84.6% das pessoas acreditam que uma página sobrecarregada de detalhes é o erro mais comum que as lojas e-commerce cometem.

É melhor manter sua página inicial simples.

Inspire-se em como a cantora e atriz Lady GaGa usava roupas extravagantes bem elaboradas e passou a vestir looks mais simples e elegantes.

Muitos produtos, imagens e chamadas para ação (CTAs) em sua página inicial distraem os usuários. Assim, dificulta para eles escolher aonde ir em seguida.

A Tinker tem uma página inicial simples:

12 Tinker Homepage

Para seguir este ótimo exemplo, organize sua página inicial. Retire imagens e elementos multimídias desnecessários. Use o espaço em branco. Fique atento e não conduza os visitantes em várias direções diferentes.

Mantenha o design da sua página inicial com o mínimo de detalhes possível e os clientes terão mais oportunidades de encontrar o produto que desejam.

11. Tenha uma Estrutura de Navegação Simples

Os clientes precisam acessar outras páginas com rapidez e facilidade.

Um estudo da Baymard mostrou que a navegação de um site ruim leva os usuários a conclusões falsas. Eles acreditam que você não tem estoque do produto que procuram, abandona seu site e tem menos probabilidade de voltar.

Isso é o oposto do que você deseja que aconteça. Assim, a navegação da sua página inicial principal deve ser simples e clara.

Aqui está um bom exemplo da marca SoYoung:

13 SoYoung Homepage

As categorias e subcategorias são descritivas e fáceis de seguir.

Como a loja SoYoung, sua navegação deve estar no topo da página para que os visitantes possam descobri-la rapidamente. Certifique-se também de deixar claro o destino de cada link.

Dessa forma, os visitantes permanecerão em seu site porque não haverá confusão.

12. Design Para Dispositivos Móveis Primeiro

Hoje em dia, seu site e-commerce deve ser projetado principalmente para telefones celulares.

Por quê?

O comércio móvel deve representar 72,9% das vendas de lojas online até 2021.

Mais e mais pessoas estão comprando no celular, o que significa que você precisa priorizar sua visualização de loja nestes dispositivos.

KKW Beauty é um exemplo perfeito disso:

14 KKW Beauty Homepage

A estrutura e os recursos do site são, sem dúvida, projetados para dispositivos móveis em primeiro lugar.

Vai além de ser apenas um site responsivo.

O que faz sentido quando você pensa na base de clientes da marca, ou seja, jovens que estão constantemente ao telefone.

Faça como a KKW Beauty e use elementos de design otimizados para celular em sua página inicial.

Exemplos disso são botões grandes de chamadas para a ação (Call to Action) fáceis de tocar e um menu de navegação claro.

Facilite a vida do usuário móvel.

13. Certifique-se Que Sua Página Inicial Carregue Rapidamente

Sua página inicial deve carregar rápido, especialmente no celular. O impacto negativo de um site lento é devastador. Atrasos de apenas 100 milissegundos pode reduzir as conversões em 7%.

Portanto, você precisa otimizar seu site para ter um carregamento mais rápido.

Faça o teste de rapidez chamado PageSpeed ​​Insights do Google, para ver exatamente o que está afetando a velocidade da sua página.

15 PageSpeed Insights

Pode haver várias razões para torná-lo lento, como desempenho do servidor, plug-ins ruins, tamanho da imagem e assim por diante.

Resolva quaisquer problemas para aumentar a velocidade do seu site.

 
 

Conclusão:

Quando um visitante chega à sua página inicial, há algo que eles esperam e precisam ver.

Os clientes potenciais esperam obter informações sobre seus produtos e encontrar informações importantes sobre sua loja.

É por isso que deve seguir as práticas recomendadas.

Essencialmente, você precisa fornecer uma experiência positiva ao usuário.

Se os clientes conseguirem navegar em sua página inicial com rapidez e facilidade, haverá uma maior probabilidade de fazer uma compra.

Agora é hora de dar o primeiro passo.

Quais práticas recomendadas para a página inicial de e-commerce você está seguindo? Deixe um comentário abaixo.