Qual o melhor momento para enviar um email? Conduza seus próprios experimentos para descobrir! (2022)

Qual o melhor momento para enviar um email? Essa é uma das dúvidas mais fundamentais que você encontrará se realizar marketing por email.

Acertar no tempo é crítico, pois isto pode ter um grande impacto na taxa de visualização, o que por sua vez impacta a quantidade de redirecionamentos, que impacta no tráfego, que impacta nas conversões.

Iniciar este efeito cascata é crucial.

Faça isso da forma certa, e todo o resto vai vir naturalmente.

Se você já pesquisou sobre o assunto, provavelmente descobriu que vários estudos já foram conduzidos para descobrir o momento ideal de envio – tanto o dia da semana quanto o período do dia.

Só tem um problema. Boa parte dos dados é bastante contraditória.

Alguns dizem “Terça-feira às 10 da manhã”, outros “Quinta-feira às 11 da manhã”, e por aí vai.

Mas, no fim das contas, cada campanha de marketing é uma campanha.

O que funciona de forma incrível para algumas marcas, pode trazer resultados mais limitados para a sua.

Portanto, embora seja tolice ignorar toda a pesquisa já feita no assunto, não podemos simplesmente aceitar os dados de um estudo como autoridade absoluta.

Mas, por mais que os dados destes estudos não sejam tudo, eles certamente representam um bom ponto de partida.

Para este post, eu examinarei alguns estudos importantes sobre o melhor momento para se enviar um email para procurar por períodos coincidentes.

Em seguida, eu explicarei como conduzir seus próprios experimentos.

A ideia é que, ao juntar essas peças, você terá muito mais facilidade para descobrir o momento ideal para o seu negócio.

Então, vamos começar.

 
 

 

O que dizem os dados

Primeiramente, permita-me te apresentar este post da CoSchedule que oferece links para 10 dos principais estudos realizados sobre este tema.

Eles fizeram um ótimo trabalho sintetizando a informação e oferecendo uma visão geral para que você possa tirar suas próprias conclusões. 

Já a respeito dos estudos, há dois, em particular, que eu gostaria de discutir:

O primeiro foi realizado pelo MailChimp sobre o momento ideal para o envio de emails. 

Sobre o melhor dia para se enviar os emails, eles chegaram à conclusão de que era a Quinta-feira (que venceu por pouco a Terça-feira). 

Distribution of Subscribers_ Optimal Days of Week

No entanto, é importante notar que segunda, quarta e sexta não ficaram muito atrás. A única queda realmente grande foi durante os fins de semana.

Em outro estudo, este da HubSpot, também chegou à conclusão de que os fins de semana são um momento ruim para enviar emails.

No entanto, eles afirmaram que Terças-feiras são os melhores dias – por muito pouco.

Send Email on Tuesday, Wednesday, or Monday

A seguir vinham segundas e quartas-feiras, praticamente empatadas, com uma pequena queda nas quintas e sextas-feiras.

Já sobre o melhor horário, o MailChimp descobriu que era próximo às 10:00 am no fuso horário do destinatário.

Percent of Optimal Subscribers_ Send Times by Hour of Day 4

Os dados da HubSpot sugerem algo semelhante, mas fornecem 11:00 am como horário ideal. 

Highest Email Opens

Isto faz sentido, considerando que as pessoas já chegaram no trabalho, se organizaram e estão começando a verificar seus emails por volta deste horário.

Conclusões importantes

O motivo pelo qual eu escolhi este dois estudos em particular do MailChimp e da HubSpot é que eles estão entre os mais respeitados sobre o assunto.

Mas se você olhar para outros estudos, perceberá que a maioria deles chega a conclusões bastante semelhantes. 

Ao juntar toda esta informação, podemos tirar as seguintes conclusões:

  • Terças e Quintas-feiras tendem a ser os melhores dias para se enviar emails, no geral (com as quintas aparentemente apresentando taxas de visualização dos emails ligeiramente mais altas, no geral)
  • Segundas e Quartas-feiras também são dias viáveis, embora não apresentem os mesmos resultados que as Terças e Quintas, normalmente.
  • O horário ideal gira em torno de 10 e 11 am

Por outro lado, parece haver um consenso de que os fins de semana são, de longe, o pior momento para enviar um email.

Este é o momento em que as pessoas estão fora do serviço, e procurando relaxar. A maioria nem está pensando nas suas caixas de entrada, o que leva a taxas de visualização muito mais baixa para os emails.

Portanto, de modo geral, você deve evitar enviar emails nos fins de semana, se puder. 

Pequenas Diferenças

A esta altura, já sabemos por alto o melhor momento para enviar emails.

A combinação destes dados nos diz que o horário ideal é nas terças e quintas, entre 10 e 11 am.

Mas isso é só parte da história.

Como mencionado anteriormente, cada marca é diferente, sendo separadas por setor, país, público, preferências dos inscritos, etc.

Os dados do MailChimp são um exemplo de como pequenas diferenças podem surgir com base nestes fatores.

Por exemplo, o momento ideal varia de acordo com o setor…

Percent of Optimal Subscribers_ Send Times by Hour of Day 3

País…

Percent of Optimal Subscribers_ Send Times by Hour of Day

E até mesmo idade.

Percent of Optimal Subscribers_ Send Times by Hour of Day 2

Apesar das diferenças não serem imensas, elas certamente demonstram que é importante fazer alguns testes por conta própria para encontrar o horário que oferece os melhores resultados para a sua marca.

É isso que, no fim das contas, deve te ajudar a determinar o momento perfeito para enviar os seus emails. 

Conduzindo os seus próprios experimentos

Na minha opinião, a melhor forma de fazer isso é realizar alguns testes A/B e ver o que funciona melhor para você. 

Vamos começar falando sobre o tamanho da amostra:

A HubSpot recomenda que você utilize, pelo menos, 1.000 destinatários no total.

Então, os grupos A e B consistiriam de, no mínimo, destinatários cada.

Mas, obviamente, quanto mais, melhor.  

Se você quiser saber de uma forma mais específica o tamanho da amostra, também pode utilizar uma Calculadora de amostra

Basta inserir o nível de confiança, intervalo de confiança e população total, e ela te dirá exatamente o tamanho mínimo que sua amostra deve ter. 

Teste 1: Dia da semana

Neste primeiro teste, você vai querer descobrir qual o impacto quando você envia emails em diferentes dias da semana, porém no mesmo horário.

Seria interessante, por exemplo, agendar seus primeiros emails para serem enviados em uma Quinta-feira às 10 am – este vai ser o seu grupo A.

Uma vez coletados os dados do grupo A, você precisará comparar os resultados obtidos com algum valor de referência. É o que chamamos de Benchmarking.

Você pode utilizar a média para o seu setor, ou mesmo a média geral, tendo em vista que você provavelmente encontrará valores diferentes dependendo do estudo.

Um dos mais recentes, realizado pela Sign-Upto.com, chegou a um valor médio de 24.79%

Segundo a pesquisa, a taxa de visualização mínima é de 16.64%, e a máxima é de 44.99%, mas a média é de 24.79% e esta é uma boa benchmark para se utilizar, a princípio.

Porém, você certamente deve verificar as taxas de visualização por setor, que te informarão melhor sobre o que pode ser considerado aceitável para a sua marca. 

Open Rates by Industry

Se após o primeiro teste você já estiver satisfeito com os resultados, talvez queira continuar a enviar seus emails nas Quintas-feiras às 10 am.

Mas ainda assim, é uma boa ideia concluir o seu teste A/B agendando ao menos mais um lote de emails em um dia ou horário diferente para ser o seu grupo B, e verificar se há melhora.

Pessoalmente, eu sugeriria enviar os emails do grupo B na terça às 10 am. Desnecessário dizer, você deve utilizar aquele que apresentar os melhores resultados.

Teste 2: Hora do dia

Uma vez encontrado o melhor dia, você vai querer saber qual o horário ideal para enviar seus emails.

Dado o consenso geral de que as maiores taxas de visualização ocorrem entre 10 e 11 am, você vai querer realizar um teste inicial para descobrir quão grande é a diferença entre enviar nestes dois horários.

Para isso, você pode, por exemplo, enviar um lote para o grupo A às 10 da manhã, e outro para o grupo B às 11.

A taxa de visualização é significativamente maior em um horário que em outro?

Se for, você deverá optar por ele.

Mas não precisa parar por aí.

Apesar de ser verdade que as taxas de visualização normalmente são mais altas pouco antes do meio-dia, a CoSchedule observa que há outros horários em que as taxas de visualização tendem a ser elevadas:

  • 8 pm até Meia-noite. Você provavelmente não esperava por esta. Aparentemente, os emails conseguem mais visualizações e cliques à noite, provavelmente porque muitas pessoas têm o hábito de olhar seu email antes de ir dormir.
  • 2 pm. Você pode ter sucesso enviando emails um pouco mais tarde, quando as pessoas estão voltando do horário de almoço ou entrando no modo de “piloto automático” no trabalho, e procurando alguma distração.
  • 6 am. Faz sentido, já que muitas pessoas começam o dia acessando as redes sociais e abrindo os emails ainda na cama ou enquanto toma o café da manhã. 

Estas são algumas ideias de horários em potencial que você pode testar.

Pessoalmente, eu ficaria curioso, por exemplo, para descobrir o que acontece quando você envia os emails no começo da manhã, às 6:00.

Certamente existe a possibilidade de que a taxa de visualização aumente se o seu email for um dos primeiros que os contatos virem na sua caixa de entrada, antes de estarem ocupados com suas inúmeras tarefas cotidianas, ou antes do email se perder em meio a dezenas de outros.

Mas permita-me apontar mais um detalhe:

Ao decidir a hora exata do dia para realizar testes adicionais, é importante tentar se colocar no lugar dos inscritos.

Procure pensar em como um dia tipicamente se desdobra para eles.

  • Como eles ganham a vida?
  • Que horas acordam?
  • Que horas vão dormir?
  • Quando é mais provável que eles abram o email?
  • Existe algum período de inatividade durante o dia no qual eles possam parar e verificar seus emails?

E por aí vai. 

Uma pequena investigação deste tipo poderá ditar os detalhes finos dos seus testes. 

Garantindo a acurácia 

Como em qualquer teste do tipo A/B, é importante obter resultados precisos

Sendo assim, você deve testar apenas uma variável de cada vez. Caso contrário, você obterá dados distorcidos e com falsa confiança.

Por exemplo, você pode ter problemas se utilizar linhas diferentes para o assunto do email, pois isto poderia afetar as taxas de visualização. Portanto, garanta que os emails para ambos os grupos testados sejam idênticos, exceto pelo parâmetro que você está analisando (o dia da semana ou a hora do dia).

Repetir

Existem dois fatores a serem examinados para se determinar o melhor momento para enviar os emails – O dia da semana e a hora do dia.

Quantos testes você realizará para encontrar a melhor combinação possível fica inteiramente a seu critério. 

Pode ser que logo na primeira tentativa você fique satisfeito com a sua taxa de visualização, e decida adotar aquele dia e horário.

Se este for o caso, isso é ótimo.

Talvez você precise experimentar diversas variações até  encontrar o dia e hora perfeitos.

Se precisar, tudo bem também! 

O importante é apenas que você repita até estar convicto de que descobriu o momento ideal para enviar seus emails, e satisfeito com as taxas de visualização obtidas.

 
 

Conclusão

Os ajustes que podem ser feitos na sua campanha de marketing por email são praticamente infinitos.

No entanto, um dos elementos mais fundamentais para se examinar é quando você envia os emails.

Acerte neste aspecto e isso terá um impacto positivo imenso na sua campanha como um todo.

Examinar estudos anteriores, como aqueles mencionados anteriormente, é um bom começo, e deve dar uma ideia geral de quais dias e horários tendem a ser mais favoráveis na maioria dos casos.

Porém, lembre-se de que não existe uma única solução para resolver todos os casos, e cada marca possui particularidades que devem ser levadas em conta.

E justamente por isso é importante que você faça um pequeno esforço e conduza seus próprios experimentos.

Assim, você terá um maior controle sobre a sua campanha, criando condições para uma maior taxa de visualização.

E, além de simplesmente fazer com que os inscritos abram seus emails, o mais importante é que, em última instância, este maior número de visualizações possa se traduzir em uma maior taxa de conversão em clientes.

Na sua experiência, que o dia e horário se mostraram ideais para enviar seus emails, até o momento?